Roubam mais de 70 milhões simulando ajuda as pessoas


Um total de nove indivíduos, com idades compreendidas entre 29 e 53 anos, foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) Luanda, sob acusação de estarem envolvidos no furto de mais de 70 milhões de kwanzas a várias pessoas.

Durante a apresentação feita, no Comando Provincial de Luanda, o porta-voz do SIC,  superintendente chefe Fernando de Carvalho, explicou que os acusados retiram dinheiro das vítimas via transferência bancária, mediante o uso de cartões multicaixas.

Fernando de Carvalho avançou que os nove marginais se dirigiam para vários terminais multicaixas, com a intenção de ajudar os cidadãos que tinham dificuldades em manejar os caixas automáticos.

"Depois de efectuada a operação, os acusados retinham o código dos cartões e trocavam os multicaixas com outros que não eram os originais das vítimas”, disse.

Já em posse dos cartões dos clientes, os meliantes faziam várias transferências bancárias para outras contas, para, depois, repartirem o dinheiro de forma equitativa.

Fernando de Carvalho explicou que, devido a algumas queixas recebidas de cidadãos lesados ao darem conta do sumiço de dinheiro nas contas, os operativos do SIC/Luanda realizaram diligências e detiveram, no dia 9 deste mês, os supostos marginais, por volta das 14 horas.

Com o valor burlado, os marginais chegaram a construir casas, compraram carros e electrodomésticos e frequentavam grandes ambientes festivos.

Durante a detenção, os acusados foram encontrados com vários cartões multicaixas de bancos diferentes e aparelhos de ar condicionado.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários