Polícia impede manifestação de moto-taxistas em Malanje


Um grupo de moto-taxistas foram impedidos hoje quinta-feira (5), de manifestarem contra o governador da província de Malanje, Norberto dos Santos.

Informações chegada à redacção da Angola-Online dão conta que, a cidade da província de Malanje, despertou num clima de agitação e violência.

O grupo de moto-taxistas que tentava manifestar contra o governador da província junto ao Governo local, foram impedidos pelos agentes da ordem pública por alegadamente não receberem autorização para o efeito.

De acordo como uma fonte policial, assegura que a manifestação teria como móbil um protesto contra a decisão do governo da província que proibiu, em 2016, os moto-taxistas de circularem no centro da cidade, devido ao alto índice de sinistralidade, após consulta ao Conselho Provincial de Auscultação e Concertação Social.

RNA e Angop

O vice-presidente da República, Bornito de Sousa, discorda o modo de contestação contra governador de Malanje

O vice-presidente da República, Bornito de Sousa, discorda o modo de contestação contra governador de Malanje

Segundo a outra fonte da Angola-Online, revela que no acto central do 16º aniversário da paz e reconciliação nacional, realizado ontem, na mesma província, foi palco de muitos protestos, vários populares apedrejaram viaturas e exigiam a exoneração do governador Norberto do Santos, a quem acusam de prática de nepotismo, peculato e incompetência.

Sem avançar nas ligações dos protestos, o vice-presidente da República, Bornito de Sousa, discorda o modo de contestação contra governador de Malanje por parte da população e considera não ser sentimento do povo malanjino. 

Este é mais um acto que mostra a insatisfação do povo em relação aos governantes, numa altura que os munícipes do Cazenga, em Luanda preparam uma marcha para a destituição do actual administrador.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK