Polícia detém cidadãos por exploração ilegal de ouro
Cerca de 27 cidadãos nacionais, foram detidos pela Polícia Nacional, por pesquisa e exploração ilegal de ouro, nos municípios de Belize e Cacongo, em Cabinda.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

De acordo com balanço semanal da delegação provincial do Ministério do Interior (Minint), dos detidos, sete (7) são do município de Cacongo, filiados numa associação ilegal designada "Makubica Nzambi",que praticava pesquisa e exploração de ouro na zona de Socoto, na margem do rio Chiloango.

A operação iniciou no dia 6 deste mês e tem como objectivo intensificar acções de combate de actos ilegais de garimpo de madeira , ouro e de pedras preciosas em Cabinda.

A polícia nacional procedeu a apresentação pública sábado, nos municípios de Cacongo, Buco-Zau e Belize, dos elementos detidos bem como das quantidades de madeira cerrada e artefactos usados.

O comandante municipal da polícia de Buco-Zau, intendente Tony Kuala, afirmou que a operação Dourada está disseminada em todos nos 4 municípios da província, onde as acções operativas se cingem prontamente nas sedes comunais e nas áreas fronteiriças com os dois congos.

Na sua intervenção na abertura da Operação Dourada, o comissário Eusébio Domingos e Costa, delegado do Minint e comandante provincial da policia, sublinhou a necessidade de haver um combate mais profícuo da parte dos órgãos de defesa e segurança para por fim as práticas de ilegais na exploração de ouro, pedras preciosas e da madeira em Cabinda.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS