Mulher espanca brutalmente marido e os dois filhos


A mulher é conhecida por ter cortado o pénis do ex-noivo. Marido diz só aguenta a relação porque a mulher põe tudo em casa.

Uma médica de 41 anos, condenada em 2002 por mandar cortar o pénis do ex-noivo, está a ser investigada por agredir e torturar o atual marido em São Paulo, no Brasil.

A denúncia de que o homem estava a ser vítima de agressões surgiu depois da médica Myriam Priscila de Rezende Castro ter partilhado nas redes sociais vários vídeos de humilhações e agressões ao marido, que parecia estar sob o efeito de remédios, avança o G1.

Em buscas domiciliárias efetuadas esta quarta-feira a polícia encontrou o homem ferido, assim como as duas crianças, filhas da médica. A agressora não se encontrava no local.

O homem confirmou que ele e as crianças eram vítimas de agressão e que mantinha a relação por dependência financeira.

Foram encontradas ainda fezes de animais espalhadas pelo chão. No local estavam 15 cães, uma cobra, ratos, um coelho e uma porca.

A polícia encontrou dentro de um congelador uma ave, um coelho e um cão.

A suspeita vai responder por lesão corporal, tortura, maus tratos a animais e por matar espécies da fauna nativa.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
2
   
2
   

Comentários