Mais de 30 mil crianças com VIH sem tratamento 


Dos zero aos 14 anos, apenas seis mil fazem terapia antirretroviral, segundo dados da ONUSIDA em Angola.

O Programa das Nações Unidas sobre o VIH/SIDA (ONUSIDA) revela que o País tem mais de 340 mil cidadãos portadores do VIH, dos quais 39 mil são crianças dos zeros aos 14 anos. Os dados daquela organização internacional dão conta que dos menores que vivem com o vírus do VIH, apenas seis mil estão em tratamento, realidade que demonstra que 33 mil crianças vivem sem tratamento.

Os dados foram revelados ao Novo Jornal pelo director da ONUSIDA em Angola, Michel Kouakou que considera a situação "preocupante". Às portas do fim do seu mandato que durou cinco anos, o responsável revelou ainda que do número total de crianças vivendo com o vírus no País (39 mil), mais de 260 mil são órfãos.

Michel Kouakou teceu elogios à Primeira-dama da República, Ana Dias Lourenço, pelos números que vem alcançando desde 2019, com o Programa "Nascer Livre Para Brilhar". Quando foi criado o referido programa, a cobertura de mulheres grávidas vivendo com o vírus em tratamento, era de apenas 39%. Em 2020, o número mudou, passando para 68%.

"Para 2021 estamos além dos 70%. Aqui está uma área onde nos próximos anos, Angola poderá, rapidamente, chegar ao zero, quanto ao número de crianças com VIH", observou Michel Kouakou, para acrescentar que "Nascer Livre para Brilhar" é um desafio com resultados positivos. Aconselhou, por isso, todas as mulheres grávidas a aderirem ao "Nascer Livre Para Brilhar".

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários