José Van-Dúnem envolvido nos dois imóveis apreendidos pela PGR


A Procuradoria-Geral da República (PGR) apreendeu hoje, 24, dois imóveis construídos com fundos públicos, trata-se de uma escola e um centro de hemodiálise, ao qual está ligado o antigo ministro da Saúde, José Van-Dúnem.

O Serviço Nacional de Recuperação de Ativos, no âmbito de processos de investigação patrimonial pelos crimes de peculato e usurpação de imóvel, emitiu os mandados de apreensão dos referidos imóveis. 

Em causa está uma unidade de hemodiálise edificada no recinto do Hospital Geral de Benguela, bem como os equipamentos que lhe estão adstritos, e o Instituto Médio Técnico Privado de Saúde, 3AY, localizado no bairro da Vidrul, município de Cacuaco, em Luanda.

Segundo fonte ligada ao processo, no caso do centro de hemodiálise, o Ministério da Saúde celebrou um contrato com a empresa RCA & DLA, Lda., representada por Deolinda Maria Lopes Alberto para implementação de unidades de hemodiálise, “mas a empresa apoderou-se do imóvel” que foi construído com fundos públicos.

“Estão envolvidos neste negócio o antigo ministro da Saúde José Vieira Dias Van-Dúnem e o antigo diretor de estudos do planeamento e estatística do ministério da Saúde, Daniel António”.

Quanto à instituição de ensino, trata-se da escola pública n.º 4021, situada no município de Cacuaco, “que foi exclusivamente construída pelo Estado angolano”.

A escola esteve fechada durante algum tempo e após a realização de obras, suportadas pelo Estado, tornou-se privada.

Fonte: Lusa

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
1
   
1
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK