A confirmação foi feita esta sexta-feira, pelo porta-voz do banco, garantindo que o funcionário de 51 anos, cujo nome não foi revelado, suicidou-se com um tiro na cabeça, nas instalações do Banco Português de Investimento (BPI), localizado na rua Braamcamp, em Lisboa.

Segundo o porta-voz da instituição bancária, garante que funcionário suicidou-se com um tiro de caçadeira, a qual foi apreendida pela PSP. 

De lembrar que a angolana Isabel dos Santos decidiu vender a posição que detinha no BPI, na sequência da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pelo CaixaBank, uma operação que lhe permitiu um encaixe de 306,9 milhões de euros.

REAÇÕES

0
0
0
0
2
0
3
0

COMENTÁRIOS