Está cada vez mais difícil tratar doentes com gonorreia
A Organização Mundial da Saúde (OMS), alertou nesta sexta-feira, que está ficar cada vez mais difícil tratar doentes infectados com gonorreia, numa altura que o número de doentes dispara devido “o sexo oral e o não uso de preservativos.”

Segundo os especialistas da OMS, a doença está difícil de ser controlada pela falta de medicamentos eficazes para combate-la.

 “Quando se usa antibióticos para tratar infecções como uma dor de garganta normal, a bactéria da gonorreia mistura-se com as espécies neisseria, do mesmo género, o que resulta em resistência”, disse Teodora Wi, especialista da OMS.

Ouvidos pela AO, muitos cidadãos confessaram não terem conhecimento da doença.

Saiba o que é a gonorreia:

De acordo com a Wikipédia, a gonorreia é uma doença sexualmente transmissível (DST), causada pela bactéria neisseria gonorrhoeae, ou gonococo. A doença pode provocar inflamação na uretra, na próstata e no útero. O homem sente dor e ardência na região genital e elimina uma secreção branca ou amarelada ao urinar. Enquanto as mulheres, 70% não apresentam sintomas. Mas nas gestantes é comum ocorrerem dores ou disúria ao urinar, acompanhada de incontinência urinária e corrimento vaginal.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS