Enfermeiro viola paciente no Kwanza Sul


O comando provincial da Polícia Nacional (PN) no Kwanza-Sul deteve esta quinta-feira, 03, no município de Porto-Amboim, um cidadão de 27 de anos, enfermeiro de um posto médico estatal, por abusar sexualmente de uma paciente de 37 anos.

O crime ocorreu no interior do posto médico do bairro Cazua, onde o suspeito, após ter colocado um chip de planeamento familiar à paciente, a forçou a ter relações sexuais, aproveitando-se do facto de estar sozinho na instituição.

Após a queixa da paciente, o enfermeiro, supostamente prevaricador, foi detido pela Polícia Nacional do Porto-Amboim esta quarta-feira.

Uma fonte da Polícia Nacional no Sumbe contou ao Novo Jornal que a paciente foi ao posto médico do bairro Cazua para fazer a colocação de um chip de planeamento familiar quando o enfermeiro em serviço agrediu sexualmente a mulher.

A fonte da Polícia avançou que nesta quinta-feira, 04, o suspeito, de 27 anos, residente no Sumbe, será presente ao Ministério Público para responsabilização criminal.

Segundo o novo Código Penal, o crime de agressão sexual é todo o acto sexual realizado por meio de ameaça, violência ou colocação da vítima em situação de não poder resistir. A moldura penal vai de seis meses a quatro anos de prisão.

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários