Covid-19: Confinamento resulta em 3.323 gravidez na Namíbia


Na passada sexta-feira, 20, o Ministério da Educação da Namíbia, confirmou que, mais de três mil meninas namibianas em idade escolar engravidaram de pessoas próximas, durante o bloqueio imposto pela Covid-19, de Março a Julho de 2020.

De acordo com o The Namibian, na edição de sexta-feira, o Ministério da Educação, Arte e Cultura namibiano confirmou que um total de 3.323 raparigas ficaram grávidas durante este período.

A maioria dessas meninas não voltou quando as escolas foram reabertas em Setembro, por causa do medo e do estigma.

A taxa de gravidez, no entanto, pode ser muito maior, já que algumas meninas abandonaram a escola sem informar às autoridades escolares o motivo.

A directora executiva de Educação, Artes e Cultura, Sanet Steenkamp, ​​diz que os números são chocantes.

“É muito perturbador para mim como contabilista, mais de 3.000 famílias foram despedaçadas e mais de três mil meninas em idade escolar foram prejudicadas, e a sua educação provavelmente será interrompida pelos homens que as engravidaram, algumas dessas meninas podem nunca mais voltar à escola devido ao estigma ”, referiu a Sanet Steenkamp.

Steenkamp diz que, apesar dos esforços do ministério para prevenir a gravidez na adolescência entre os alunos, as últimas estatísticas, que incluem casos em que meninas foram engravidadas por parentes próximos, é uma questão de preocup ação nacional.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK