Angolano morre ao tentar salvar filho do incêndio no Brasil


Pai e filho, de nacionalidade angolana, morreram num incêndio no prédio em que moravam em Higienópolis, na zona norte do Rio de Janeiro, no inicio desta semana.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, agentes do Quartel de Ramos foram accionados às 8h40 para o segundo andar do prédio, que fica na Rua Ubiratã, em frente à Escola Municipal D. João VI.

Vizinhos informaram que o pai, identificado como Marlei, tentou tirar a criança, Gabriel, de pouco mais de um ano do apartamento pela varanda, mas não conseguiu abrir o gradeamento.

Os moradores da região tentaram ajudar antes da chegada dos bombeiros, mas o fogo se alastrou rápido. 

“Quando cheguei à esquina, estava a criança e o pai no gradeamento. No fogo, vários vizinhos na marquise tentaram abrir”, relatou, emocionada, uma testemunha.

Ainda não há informações sobre o que causou o incêndio. A família estava no Brasil há cinco anos. O casal, que se tinha mudado há poucos meses para o apartamento, estava com dificuldades financeiras e tinha ordem de despejo. Este é o terceiro caso de incêndio em imóveis na Zona Norte em menos de uma semana. 

Fonte: Jornal de Angola

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK