Governo pagou 5,9 milhões de dólares por painéis solares que nunca chegaram no país
O Tesouro Nacional pagou cerca de 5,9 milhões de dólares, em 2008, a empresa Dalpex Trading S. L., situada na cidade de Vigo, Espanha, para compra e montagem de mil painéis solares que nunca chegaram em Angola.

A denúncia foi feita pelas autoridades espanholas, que presume ser uma venda fantasma, pela inexistência dos alegados mil painéis que nunca existiram. Para apura os factos, as autoridades espanholas instauraram um processo de investigação à empresa Dalpex Trading S. L.

Segundo o Novo Jornal, para proceder a transacção, a empresa espanhola apresentou facturas falsas. O esquema era praticado pelo proprietário da Dalpex e um dos seus funcionários, e teve a cumplicidade de três empresários espanhóis e de um português, que emitiram documentos falsos para simular a venda. 

O Ministério Público de Espanha pede penas entre dois anos e meio e quatro anos de prisão para os  quatro empresários e um funcionário da Dalpex Trading S. L.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS