Polícia resgata menores mantidos reféns junto de porcos


A Polícia Nacional, resgatou cinco menores de idade, que tinha sido mantidos reféns em uma residência de criação de porcos, por dois cidadãos que os torturaram, quando estes entraram num quintal para tirar mangas.

Publicidade

Publicidade

Os factos ocorreram numa residência no bairro Caponte, em Benguela, onde as vítimas, com idades entre os 13 e 14 anos, teriam entrado, após saltarem o muro, para tentar tirar mangas de uma árvore no quintal, tendo sido apanhadas e colocadas na pocilga, inundada com dejetos de porcos.

Edson Dias, de 28 anos, e Eugénio Silva, de 20 anos, foram detidos em flagrante delito por agentes da Polícia Nacional, juntamente com o Serviço de Investigação Criminal (SIC), quando submetiam os adolescentes a sessões de tortura, com catanadas nas nádegas.

Um processo-crime corre sob a direcção do Ministério Público, sendo que os detidos serão presentes nos próximos dias ao Tribunal da Comarca do Lobito para julgamento sumário, uma vez que arriscam uma acusação de dois crimes, nomeadamente o cárcere privado e ofensas corporais, nos termos do código penal.

A propósito, o jurista António Lima afirma que o facto de os jovens terem sido detidos em flagrante delito é a razão pela qual devem ser julgados em processo sumário, até oito dias desde a privação de liberdade, admitindo que, se forem provados os dois crimes, os jovens arriscam uma pena de prisão superior a dois anos.

Fonte: Angop

REAÇÕES

2
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK