Oficial do SME detido por prática de extorsão


Um oficial do SME, foi detido em flagrante em Luanda, por efectivos da Brigada Especial de Trânsito (BET), a extorquir dinheiro de cidadãos chineses.

Anúncio

Anúncio

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, superintendente Fernando de Carvalho disse que o oficial, com a patente de intendente, foi autuado na posse de 47 mil kzs, na última quarta-feira, extorquido a dois cidadãos chineses, junto ao viaduto do Quilómetro 25, na Via Expresso.

De acordo com o porta-voz do SIC, os dois chineses têm sido repetidamente extorquidos por aquele oficial do SME. Semanalmente eram obrigados a desembolsar 40 mil kzs para poderem trabalhar nos respectivos empreendimentos comerciais, localizados na Via Expresso.

O oficial do SME alegou como motivo para a extorsão falta de passaporte, quando na verdade os dois chineses têm a situação migratória regular, o que os levou a abrirem uma participação criminal contra o indivíduo.

Informados sobre o “modus operandi” do oficial do SME, efectivos da BET, estacionados naquele eixo rodoviário, autuaram em flagrante o indivíduo na posse de 47 mil kzs, bloco de multas, patentes, entre outros elementos de prova. “O oficial é useiro e vezeiro neste tipo de práticas”, disse o porta-voz do SIC, reforçando que em Setembro “já tinha extorquido 175 mil kzs a cidadãos chineses”.

O oficial, que chefia o Destacamento do SME no Golungo Alto, “é dispensado todas às sextas-feiras, para visitar familiares em Luanda, mas no afã de ganhar dinheiro fácil, aproveitava para pôr em marcha o seu plano”. O indivíduo foi já entregue ao Ministério Público, para o devido interrogatório e consequente legalização da detenção.

Fonte: Angola 24 Horas

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK