Luanda: Oficial do SIC mata filha de 13 anos


O agente do Serviço de Investigação Criminal (SIC) disparou mortalmente contra a própria filha.

O crime ocorreu na passada sexta-feira, durante um desentendimento na residência do agente do SIC que acabou disparando contra a filha de 13 anos. A menor foi socorrida pelos familiares e vizinhos mas não resistiu ao ferimento causada pela arma de fogo.

O agente em causa está detido enquanto se investiga o crime.

Além da pena que poderá ser condenado em Tribunal, caso se prove o crime, o SIC garante instaurar um processo disciplinar ao seu oficial. 

O Serviço de Investigação Criminal aproveita a esclarecer não está a encerrar as delegações a nível dos municípios como fazem crer informações veiculadas nas redes sociais.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
2
   
0
   
0
   
2
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK