Funcionária do consulado de Itália assaltada em casa por falso estafeta da Tupuca
Numa das zonas mais seguras de Luanda, propriamente na Torre Luanda, a italiana de 60 anos foi espancada no interior do seu apartamento.

Uma funcionária do consulado de Itália em Angola foi assaltada por um falso estafeta da empresa Tupuca, que acedeu ao edifício alegando fazer entrega de refeições. 

Segundo o Serviço de Investigação Criminal (SIC), conforme o comunicado entregue ao Angola-Online, o acusado primeiro bateu a porta alegando que tinha entrega refeições a fazer, a vítima disse que não teria feito pedido e fechou a porta. Inconformado, o jovem delinquentes voltou a bater a porta, quando a vítima abriu foi surpreendida com golpes de uma raqueta, arrastada até a cozinha onde o agressor pegou uma faca e ameaçou em mata-la se não entregasse tudo ou tivesse relações sexuais.

O delinquentes já detido, roubou um computador, telemóvel e 30 mil kwanzas. 

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
3
   
0
   
0
   
1
   
0