Seguranças da Angola Telecom sem salários há seis meses
Os funcionários da empresa Vita Lenita, prestadora de serviço de segurança a Angola Telecom, estão há seis meses sem salários.

Os funcionários fizeram saber que há seis meses, a empresa Vita Lenita, propriedade de um dos altos funcionários da Angola Telecom, não paga os seus funcionários alegando que a empresa pública não cumpre com as suas responsabilidades. Muitos já foram retirados da casa de renda e viram os filhos a serem expulsos das escolas privadas. 

Os mais de 60 seguranças que protegem as instalações da telefonia pública espalhadas por Luanda, prometem abandonar a empresa caso não seja liquidado mais rápido possível os salários.

Rádio Despertar

REAÇÕES

COMENTÁRIOS