Nigéria regista primeiro caso da África subsariana do coronavírus
O primeiro caso de covid-19 na África subsariana foi confirmado na Nigéria. Trata-se de um italiano que viajou desde Milão e foi hospitalizado após ter testado positivo para o novo coronavírus no estado de Lagos.

P U B L I C I D A D E

P U B L I C I D A D E

Enquanto Itália e França, dois dos países europeus mais afectados pelo covid-19, organizaram uma reunião de alto nível para tentar demonstrar normalidade.

Algo complicado, já que a Itália, na Quinta-feira, registou um grande aumento no número de casos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) apelou a todos os países ainda poupados, como Portugal, a prepararem-se para a chegada do covid-19.

“Todos os países devem estar prontos para o primeiro caso, o primeiro foco, a primeira evidência de transmissão comunitária e para lidar com a transmissão comunitária sustentada. Estes são quatro cenários. Deve-se estar preparado para todos estes cenários ao mesmo tempo. Nenhum país deve assumir que não terá casos, isso pode ser um erro fatal, literalmente,” alertou o director-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Contudo, da China chegam notícias melhores, há um decréscimo de novos casos relatados. Mas ainda é o país com o maior número de casos confirmados e número de mortes.

Fonte: EURONEWS

REAÇÕES

COMENTÁRIOS