Namíbia continua a ser sonho de muitos angolanos
São muitos angolanos e na sua maioria crianças, que cruzam diariamente a fronteira de Santa Clara, província do Cunene, a fim de estudarem nas escolas da vizinha Namíbia.

A falta de escolas no país e o fraco investimento no sector da educação, continuam a ser apontados como o motivo que faz com que muitos vão a busca do conhecimento em outras passagens do mundo. 

Angola-Online sabe que, muitos dessas crianças que apenas vão até na vizinha Namíbia estudar, aprendem desde logo o inglês, como língua principal, situação que tem criado alguns embaraços no seio das famílias.

Segundo as autoridades angolanas, há também registo de namibianos que regularmente cruzam a fronteira para estudar em escolas e institutos de Ondjiva, a capital da província do Cunene.

De acordo com dados do censo de 2014, a província de Cunene com uma área de 78.342 km², conta com uma população estimada 965.288 habitantes. 

Fonte: Euronews

REAÇÕES

COMENTÁRIOS