Julgamento para afastar Trump da presidência já teve início
A entrada no Senado dos Estados Unidos, da equipa de procuradores da Câmara dos Representantes, marcou o início do julgamento para a destituição de Donald Trump da Presidência.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pouco antes do início do julgamento, o gabinete independente de fiscalização do governo divulgou um novo relatório, acusando a Casa Branca de ter violado a lei quando congelou a ajuda militar norte-americana à Ucrânia.

No centro da polémica, a acusação de que Trump pressionou o Presidente ucraniano a investigar Joe Biden, então vice-Presidente de Obama, e os negócios do filho, Hunter Biden, na Ucrânia.

Será este o desfecho provável para o processo contra o actual presidente, porque o Senado tem maioria republicana, mas as provas avolumam-se contra Trump, cujo processo deverá demorar semanas, apesar das eleições primárias para as presidenciais começarem já em Fevereiro.

De acordo com a fonte da Angola-Online.net, este é o terceiro processo do género na história do país, sendo que antes de Trump, Bill Clinton e Andrew Johnson tiveram de justificar a conduta perante a câmara alta do parlamento norte-americano e continuaram no cargo.

Fonte: EuroNews

REAÇÕES

COMENTÁRIOS