Jovem suicida-se porque namorado recusou-se assumir  gravidez
Uma jovem de 18 anos de idade suicidou-se na noite de quinta-feira na cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, por motivos passionais.

P U B L I C I D A D E

P U B L I C I D A D E

O porta-voz dos Serviços de Investigação Criminal no Cuanza Norte, Adão Morais, que prestou a informação à Angop, referiu que o facto ocorreu no bairro Camungo, periferia da cidade de Ndalatando, onde a jovem foi encontrada no interior da sua residência suspensa no teto com um lençol amarrado ao pescoço.

De acordo com o porta-voz, ao lado do cadáver foi encontrado uma carta escrita pela vítima, onde espelha a rejeição do namorado em assumir a gravidez que já estava no seu segundo mês, associada à falta de apoio moral e pressão psicológica que sofria por parte dos familiares, como causa da decisão de pôr termo a própria vida.

Adão Morais referiu que durante o ano 2019 o SIC registou 20 casos de suicídio, cujas vítimas foram maioritariamente jovens, apontando o desespero, frustração e motivações passionais como principais causas das referidas ocorrências.

Fonte: ANGOP

REAÇÕES

COMENTÁRIOS