João Lourenço fez mais do que era esperado em menos de ano
Em entrevista exclusiva à rádio Deutsche Welle (DW) África, o presidente da República, João Gonçalves Lourenço, considera que “em 11 meses, muito foi feito. Pode-se mesmo dizer que mais do que era esperado”.

João Lourenço foi eleito presidente de Angola fez esta quinta-feira um ano depois das eleições, onde o MPLA venceu com 61% dos votos. Sucedendo assim, José Eduardo dos Santos, que assumiu a liderança do país, em 1979, após a morte do primeiro Presidente da República, António Agostinho Neto.

Sendo o combate a corrupção, a impunidade e o nepotismo os meus maiores objectivo, o Chefe de Estado, considera que “em 11 meses, não é possível fazer-se o que deve ser feito num mandato de cinco anos”. 

Mas acredita que muito foi feito, chegando assim a superar as expectativas, “pode-se mesmo dizer que mais do que era esperado”. 

“Um conjunto de medidas corajosas que uma boa parte das pessoas pensava não ser possível fazer-se neste período inicial de arranque do meu mandato. E, talvez, esperassem que acontecesse para o terceiro ano do mandato, mas, felizmente, consegui fazer com sucesso nesses primeiros 11 meses”, disse.

Redacção de Angola-Online

REAÇÕES

COMENTÁRIOS