Delinquentes são condenados a mais de 21 anos de prisão por matarem três pessoas
Dois dos dez delinquentes acusados de matar dois membros da mesma família e um inquilino, no bairro Tunga-Ngo, município do Cazenga, no ano passado, foram condenados a mais de 21 anos de prisão efectiva.

O Tribunal Provincial de Luanda, julgou e condenou ontem os dois delinquentes que mataram a tiro, quatro pessoas numa residência no bairro Tunga-Ngo, no Cazenga, durante um assalto a calada da noite.

Carlos Francisco Gaspar, autor material do crime, foi condenado a 24 anos de prisão efectiva pelos crimes de roubo e homicídio frustrado. Ao passo que, Pedro da Silva, também autor material do crime, foi condenado a 21 anos e seis anos de prisão efectiva pelos crimes de roubo e homicídio.

De acordo com a sentença lida pela juíza Paula Cristina Faz-tudo, os réus terão de indemnizar os familiares de cada vítima com 1 milhão e 500 mil kwanzas. 

Uma das vítimas do grupo criminoso, que foi atingida com uma bala na cabeça, encontra-se até ao momento internada num dos hospitais da capital. 

A polícia continua a procura dos outros dez membros do grupo criminoso que estão foragidos.

REAÇÕES

COMENTÁRIOS