Chefe da Polícia Nacional mata homem por engano
Com o patente de 3º subchefe, o efectivo da Polícia Nacional, é acusado de matar um homem de 30 anos, na madrugada de Sábado, 10, que o confundiu com o alegado amante da sua mulher, na rua H do bairro Palanca, município do Kilamba Kiaxi.

Tchipa Panzo, de 30 anos, foi atingido em cheio na cabeça por um disparo de arma de fogo quando estava em convívio entre amigos. 

Segundo avançou a fonte da Angola-Online, o crime aconteceu por volta da 01:00 e o homicida, após consumar o acto, meteu-se em fuga, como relataram populares que estavam no local. 

A fonte revela ainda que a mulher do subchefe da PN e o seu alegado amante, também estavam no local.

O óbito foi declarado pelos efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) que acorreram no local do crime 20 minutos depois deste ter sido cometido.

Fonte: NJOnline

REAÇÕES

COMENTÁRIOS