Cabinda: Mais de 100 congoleses ilegais foram repatriados
Cerca de 104 cidadãos de nacionalidade congolesa que se encontravam ilegalmente no território angolano foram repatriados.

Os 104 cidadãos congoleses ilegais, entre os quais 25 mulheres, foram detidos numa operação levada acabo pela Polícia de Guarda Fronteira na província de Cabinda, onde todos os dias entram ilegalmente cidadãos congoleses, democratas na sua maioria.

Segundo os ilegais, pretendiam obter melhores condições de vida no solo angolano por oferecer maiores oportunidades para singrar na vida. 

Os mesmos foram repatriados hoje, por via terrestre pelas autoridades policiais.

Fonte: TPA | Texto: Igor Silva

REAÇÕES

COMENTÁRIOS