Banco central emprestou ilegalmente 500 milhões USD ao Estado
O Conselho de Auditoria do Banco Nacional de Angola (BNA) denunciou no último relatório e contas do banco central que a entidade reguladora do sistema financeiro nacional concedeu um empréstimo ilegal ao Estado.

Segundo o relatório, o Estado repassou para o Ministério das Finanças um financiamento de 500 milhões de dólares que recebeu de um fundo de investimento internacional com sede em Londres.

Os auditores explicam que, em Dezembro de 2018, a rubrica "activos financeiros concedidos ao Estado" incluía um financiamento junto ao Gemcorp no montante de 500 milhões de dólares, na modalidade de compra e recompra, assinado em 2017 pelo BNA e a Gemcorp.

Sendo que o acordo de repasse de dívida previa, inicialmente, a taxa de juro de 2,6% com prazo de reembolso para Novembro de 2019.

Porém, ainda em 2017, o banco central renegociou as condições de pagamento do empréstimo, alterando a taxa de juro anual para 3% e o prazo de reembolso para Maio de 2021.

Fonte: Jornal de Angola

REAÇÕES

COMENTÁRIOS