Angola vai exportar sardinha e carapau em grande escala
A Ministra das Pescas, Vitória de Barros Neto, inaugurou na passada sexta-feira, uma unidade de produção de conservas de atum, sardinha e carapau, no Tômbwa, província do Namibe.
Ministra das Pescas, Vitória de Barros Neto

A unidade produzirá cerca de 125 mil toneladas de latas de conservas por dia, e congelar pescado. A efectivação das exportações é a médio prazo. 

Para além da distribuição nos mercados internos, Angola-Online sabe que, os produtos serão exportados para os mercados da África Austral e da Europa.  

A unidade gerou cerca de 750 empregos, por este motivo, a ministra pediu que os gestores adoptem por uma produção baseada nos padrões internacionais de qualidade.  

Fonte: Jornal de Angola

REAÇÕES

COMENTÁRIOS