Agente da polícia mata jovem a queima-roupa em Luanda
O jovem Pedro Mabiala, quando em vida chamado pelos mais próximos por Papy, de 26 anos de idade, foi morto a tiro em plena via pública por um agente da Polícia Nacional identificado por Dom Cacho.

O crime ocorreu no bairro Rocha Pinto, em Luanda, quando o jovem tentava acudir o amigo de uma luta com o agente da polícia identificado por Dom Cacho, classificado como um “homem de confusões”. 

Segundo testemunhas, o jovem que pretendia ser pastor foi morto quando deslocava-se a casa, na centralidade do Kilamba, ao se deparar com a luta onde estava envolvido o amigo decidiu acudi-lo. Ao tentar acudir o agente da polícia que estava civil fez três tiros no ar e disparou mortalmente na região do tórax o jovem. 

O homicida tentou ainda salvar a vítima, mandando parar uma viatura para levá-lo ao hospital, mas o jovem acabou por morrer no caminho.

A Angola-Online sabe que o agente encontra-se foragido e a Polícia Nacional, na voz de Mateus Rodrigues, pede para que o mesmo se entregue por estar a correr perigo.

Fonte: TPA

REAÇÕES

COMENTÁRIOS