Bill Gates considera Steve Jobs um feiticeiro que hipnotiza pessoas
Não é novidade para ninguém que uma das mentes mais brilhantes dos últimos anos é o co-fundador da gigante Apple, umas das empresas mais valiosas do mundo, graças ao estilo pouco formal como este génio sempre soube cuidar das coisas.

Apesar da relação tumultuosa entre Steve Jobs e Bill Gates, sempre houve um mútuo respeito, e durante uma entrevista a um canal televisivo americano, o fundador da Microsoft, fez fortes elogios e críticas ao co-fundador da Apple.

O mais surpreendente, porém, não foi o elogio, e sim o motivo pelo qual isso acontecia, por “lançar feitiços”, disse o bilionário fundador da Microsoft. 

“Eu era como um mago menor, que via as pessoas hipnotizadas (por Jobs), mas como sou um mago menor, os feitiços (dele) não funcionavam em mim”, disse Gates 

Steve Jobs é uma caso extraordinário de liderança, mesmo com o seu mau feitio odiado por muitos, oito anos após a sua morte, o seu legado continua a ser fonte inspiração para milhares de jovens e não só. 

O génio mau como é conhecido revolucionou a maneira como usamos os aparelhos eletrónicos, brincou com estética, e deixou-nos um universo de escolhas e experiência. 

REAÇÕES

COMENTÁRIOS