Angola rende-se ao talento de Anderson Mário
O concurso de imitação “Unitel Estrelas ao Palco”, chegou ao fim, e consagrou o candidato Anderson Mário, natural da província do Huambo, como um grande vencedor da edição 2018.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade

O jovem de 20 anos, Anderson Mário, interpretou as músicas do conceituado cantor norte-americano Michael Jackson, e foi muito aplaudido pela forma como conseguiu representar o rei do pop e, em pouco tempo conquistou a admiração do público, chegando a vencer o concurso com 59% dos votos.

Sendo um concurso de imitação, onde o vencedor terá a oportunidade de gravar uma obra discográfica, o que levanta uma onda de preocupação relativamente a forma como os concorrentes interiorizam a imagem dos seus ídolos, Cássia Clemente, partilha uma publicação no Facebook, vista pela Angola-online, mostrando-se preocupada. 

“Gostei muito da produção, mas agora que temos um vencedor, com a oportunidade de gravar uma obra discográfica, só consigo imaginar na dificuldade que o Anderson Mário, terá de se desvencilhar da imagem de Michael Jackson e se afirmar no mercado musical como artista individual”, questionou.

Na mesma publicação, Cássia Clemente, alerta o facto de que os concorrentes, propriamente o Anderson Mário, terem sido submetidos a ensaios vocais, “dirigidos para que o seu timbre se assemelhasse no máximo ao de Michael e até os gestos, figura em palco, roupa, cabelo, enfim... Que tipo de artista teremos agora?! Que estilo?! Que performance?!”.

Cássia Clemente assegura que, ao invés de imitação, seria melhor o concurso ser de interpretação.

Redacção

REAÇÕES

COMENTÁRIOS