Vice-presidente da FIFA e presidente da CAF é detido em França
O presidente da CAF, Ahmad Ahmad, foi detido em França, confirmou o organismo que tutela o futebol mundial esta quinta-feira.

Segundo o jornal Jeune Afrique, o também vice-presidente da FIFA foi levado de um hotel, em Paris, onde se encontrava para o congresso anual do órgão reitor do futebol mundial, bem como para o arranque do Mundial feminino.

A detenção estará relacionada com subornos ligados à alteração do patrocinador de equipamentos referentes à CAF, em 2017.

Em comunicado, a FIFA garante que "tomou nota dos alegados eventos relativos a Ahmad Ahmad, que está a ser questionado pelas autoridades francesas em relação ao seu mandato enquanto presidente da CAF", garantido ainda que "qualquer pessoa que tenha cometido actos ilícitos ou ilegais não tem lugar no futebol".

A detenção de Ahmad ocorre no dia seguinte à reeleição do presidente da FIFA Gianni Infantino, que, em seu discurso, destacou a reestruturação e limpeza feitas na entidade após os escândalos de corrupção em 2015.

Ahmad, ex-político de Madgascar, teve apoio de Infantino durante a campanha para a presidência da CAF, em 2017.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS