Cabinda com caso suspeito de Covid-19
Um caso suspeito de coronavírus foi detectado no campo petrolífero do Malongo, província de Cabinda, revelou a directora do Gabinete Provincial da Saúde, Carlota Tati.

Em declarações à imprensa ontem, Carlota Tati explicou que foram colhidas amostras ao cidadão expatriado, cuja nacionalidade não revelou, e enviadas para Luanda para testes laboratoriais. 

“Enquanto os resultados dos testes não saírem, não podemos confirmar se o cidadão em causa está ou não infectado com o coronavírus”, afirmou, garantindo que o cidadão foi colocado em quarentena no campo petrolífero do Malongo.

Por outro lado, a directora do Gabinete Provincial da Saúde, reagindo aos rumores sobre a existência de três cidadãos de nacionalidade chinesa, funcionários de uma empresa de construção civil, contaminados com coronavírus, esclareceu que os cidadãos, quando chegaram a Angola, foram mantidos em quarentena durante 14 dias em Luanda.

“Depois de terem tido alta, viajaram para Cabinda, onde também se encontram em regime de quarentena nas instalações do Caio Porto, durante dez dias. Portanto, eles, estão livres de contaminação do coronavírus”, assegurou.

O vice-governador para a Área Política e Social, Alberto Paca, garantiu que estão criadas as condições de internamento e tratamento de possíveis casos da Pandemia no hospital provincial de Cabinda.

Fonte: JA

REAÇÕES

COMENTÁRIOS