Angolano atacado por Leopardo recupera em apenas dois na Namibia, depois de 10 dias críticos em Angola


Um cidadão angolano de 73 anos residente em Ondjiva, capital da província do Cunene, foi atacado por um leopardo enquanto cuidava do seu gado, ficando gravemente ferido em consequência dos golpes.

Sikunda Kasonga ficou internado aproximadamente 10 dias no hospital de Ondjiva, mas o seu estado de saúde tendia agudizar, vendo que seu estado de saúde continuava critico, o idoso solicitou transferência ao hospital de Outapi, localizado na vizinha República da Namíbia, onde em apenas dois veio a recuperar significativamente.

Em entrevista ao jornal namibiano, New Era, Sikunda Kasonga, elogiou e agradeceu os médicos namibianos e garantiu que está em óptimo estado de recuperação em poucos dias naquela unidade hospitalar namibiana.

"Porque tenho família em Omahenene, pedi aos médicos (de Ondjiva) para me darem alta para que pudesse vir para aqui (Outapi) e só foram precisos dois dias para começar a recuperar muito bem," disse.

Estima-se que diariamente 10 a 20 angolanos de vários estratos sociais recorrem aos hospitais namibianos em busca de tratamento médico.

DR

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK