Yuri Simão diz gastar 148 milhões numa música é escândalo pornográfico


Caso Karga Eventos: O renomado produtor de eventos classifica o gasto milionário um escândalo pornográfico. Jovens estudantes vão manifestar em rejeição do contrato.

A indignação pelo custo da música em alusão aos 45 anos de independência continua a crescer, inclusive há possibilidade do Movimento dos Estudantes marchar em condenação ao contrato quando no país morrem crianças por paludismo.

O director da Nova Energia, responsável do Show do Mês, Yuri Simão,  considera o gasto milionário na música sob responsabilidade da empresa de Big Nelo, Karga Eventos,  um escândalo pornográfico.

“148 Milhões de kwanzas para fazer uma música por mais contas que se podem fazer é um escândalo vergonhoso, pornográfico”, escreveu Yuri Simão, esclarecendo “não inveja é sim coerência.”

REAÇÕES

6
   
0
   
0
   
2
   
4
   
1
   
1
   
1
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK