Urgente: Menino Nelo respira através de tubo, precisa de ajuda urgente
Há quatro anos que o menino vive amargamente, respirando por um tubo. Precisa de tratamento médico em Luanda.

Tive o previlégio de entrevistar o Clemente, o pai desse menino Guerreiro, cheio de sonho várias vezes na Rádio Ecclesia, Cabinda. Um sonho que pode ser interrompido se cada um de nós não fizer a sua parte. 

O seu filho Manel Keba Mulemba ou simplesmente Nelo de apenas 7 anos de idade, graças a Deus conseguiu ingressar neste ano lectivo, na escola Augusto Ngangula, rua da Polícia, apesar da gritante dificuldade respiratória, padece de um problema de saúde há 4 ou 5 anos, a doença tida como PAPILOMETOSE* LARINGEO* , respira , repito , respira por intermédio  de um TUBO ou bem dizer numa glândula* metálica, não há condições para troca do mesmo, os pais sem condições financeiras vão aguentando o sofrimento do filho,  que segundo o Clemente numa entrevista, passam várias noites sem dormirem, porque vezes há que o Nelo fica com grandes dificuldades respiratória, o miúdo, questiona sempre , " Pai, porque que não sou uma criança normal, por quantas vezes temos de ir ao hospital para que isso passe, Pai, eu sei que estou a dar-vos muito trabalho, sei que estão a sofrer por minha causa " .

Acredita, há momentos que a família fica até sem condições para aquisição de um simples soro* para a higiene do tubo. Muito recentemente a família deslocou-se a capital do país " Luanda " que também só foi possível por causa da contribuição de algumas pessoas caridosas, a procura de alguma solução para o dilema do Nelo, mas foram 8 meses em vão, ou seja, vai e vem... A Mãe que acompanhou a criança sem mais qualquer recurso teve que regressar a Cabinda com o Nelo.  Na última consulta médica feita no hospital geral , os profissionais aconselharam os pais a se deslocarem mais uma vez a Luanda, para melhor tratamento na Clínica Girassol. 

Precisa-se ajuda de todos, não importa o valor, precisamos SALVAR a vida do Nelo, garoto animado apesar do seu problema de saúde. 

A Família deve se deslocar à Luanda o mais rápido possível.  

Contacto do Clemente, pai do Nelo 933428000

Texto do jornalista Luís Lázaro

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários