Unitel e Movicel lançam novos tarifários


Numa semana que a Africell iniciou a operar.

Clientes das duas operadoras dizem que os novos tarifários, agora mais baixos, foram lançados por causa da nova operadora e aproveitam para exigir melhoria dos serviços.

A UNITEL, considerada a maior operadora de telecomunicações de Angola, lançou esta quinta-feira, 07, o tarifário "BAZZA" que vai permitir falar 60 minutos grátis diariamente entre clientes durante os primeiros três meses.

Segundo esta operadora, o tarifário inclui também a oferta de um Cartão SIM, com 1G válido por 10 dias e mais 100 kwanzas para falar com clientes extra-tarifário.

Já a MOVICEL, tida como a segunda maior operadora do País, lançou esta semana o tarifário MOVINET 4 x 4, que permite ao cliente, na compra de um plano mensal de 6GB, quatro vezes mais dados.

De acordo com o anúncio, com 1.000 Kwanzas os clientes passam a ter agora 4GB durante 30 dias, sendo que uma metade do saldo deverá ser utilizada no período normal das 06:00 às 23:59, enquanto a outra metade será utilizada de madrugada (das zero às cinco da manhã).

No caso da UNITEL, os clientes questionam o serviço "BAZZA" visto que o novo tarifário implica um novo chip.

"Seria melhor transferir o número antigo para um novo programa e não adquirir um novo chip", lamentaram os clientes desta operadora que o Novo Jornal ouviu esta sexta-feira.

A UNITEL apela aos clientes interessados a dirigirem-se a uma loja da operadora para obtenção de mais informação.

Já os clientes da MOVICEL, satisfeitos, contaram ao Novo Jornal que, no momento, a MOVINET 4 x 4, é o melhor tarifário de internet que a operadora oferece aos clientes, mas apelam que seja melhorada a qualidade da internet.

"O funcionalmente da internet é o principal problema da MOVICEL. A questão não é apenas aumentar os bónus nos serviços, é preciso melhorar a qualidade da Net", sugerem os clientes.

Esta sexta-feira, 08, A AFRICELL, o mais novo operador de telecomunicações do País, abriu ao público a sua loja principal, na baixa de Luanda, com milhares de clientes à procura dos seus serviços.

Em Angola, a nova operadora efectuou a primeira chamada em Dezembro do ano passado, assinalando assim o início das operações.

REAÇÕES

1
   
0
   
1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários