UAN não prolonga prazo das inscrições a alunos sem certificados


A prorrogação das inscrições para os exames de acesso à Universidade Agostinho Neto (UAN), que termina amanhã, Sábado, depende da decisão do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, informou ontem, em Luanda, o vice-reitor para área Académica e Vida Estudantil.

P U B L I C I D A D E

P U B L I C I D A D E

O vice-reitor justificou que o número reduzido de candidatos resulta do atraso na entrega dos certificados de habilitações, por parte dos institutos do ensino médio.

“Os candidatos estão a reclamar os certificados, mas a universidade não pode fazer nada, porque estamos a cumprir um calendário do Ministério do Ensino Superior. Não podemos inscrever candidatos sem documentação”, asseverou, para admitir que, este ano, o quadro indica que é provável que inscrevam apenas 50 por cento de candidatos, comparativamente aos últimos anos, em que se cadastrava entre 40 e 50 mil.

Os exames terão lugar de 20 a 25 de Janeiro, de acordo com o calendário.

Devido aos atrasos dos certificados, a UAN decidiu flexibilizar e aceitar candidatos que apresentem pautas do último ano lectivo, devidamente assinadas pela respectiva direcção da escola ou declarações com notas. Algumas escolas de Luanda enviaram as pautas para permitir a inscrição dos candidatos.

A UAN, que abriu as inscrições a 2 de Janeiro, tem disponíveis 4,925 vagas para 43 cursos de graduação. Com o financiamento da União Europeia, a instituição pública, em parceria com o Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) de Luanda, tem 385 vagas, que visam formar professores com o nível de bacharelato para o ensino técnico-profissional em oito cursos.

Entre os cursos, constam os de Telecomunicações, Mecânica e Engenharia Civil. A Universidade José Eduardo dos Santos, no Huambo, tem 90 vagas, no âmbito da mesma parceria. Os candidatos que forem admitidos vão beneficiar de bolsa de estudo integral e devem ter até 30 anos. Depois da conclusão dos estudos, o Ministério da Educação vai garantir emprego nas instituições de ensino.

Os candidatos devem apresentar requisitos referentes à área de formação, frequentada no ensino médio, nomeadamente em Ciências Físicas e Biológicas (ensino secundário geral), Matemática e Física (ensino médio pedagógico), electricidade, Electrónica, Mecânica e Telecomunicações, Construção Civil (ensino médio técnico-profissional).

Fonte: JA

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK