Tribunal suspende greve na Angola Telecom, mas trabalhadores mantêm braço de ferro 
Trabalhadores foram obrigados a retomar os postos esta semana, mas recusam cumprir decisão do tribunal. Alegam que os juízes só ouviram os argumentos da administração. 

Os trabalhadores da Angola Telecom estão a ser obrigados a suspender a greve e a retomar a rotina normal de trabalho depois de o tribunal dar razão à empresa, considerando a greve, que já dura há mais de 90 dias, ilegal.

O sindicato estranha a decisão do tribunal e considera-a “estranha” por se limitar, nas alegações, a repetir os argumentos do Conselho de Administração sem ter ouvido os trabalhadores. Por isso, os trabalhadores mantêm a greve enquanto aguardam pelo recurso interposto no Tribunal Superior.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários