Tribunal ordena soltura dos Jornalistas detidos na manifestação


Depois de quase 60 horas em prisão, os quatro profissionais da Rádio Essencial e do Valor Económico, receberam ordem de soltura.

Foram detidos na manhã do passado sábado quando se preparavam para cobrir a manifestação, convocada há vários dias, de protesto contra as condições de vida e pela realização das eleições autárquicas.

Tratam-se de Suely de Melo, Carlos Tomé, Santos Samuesseca e Leonardo Faustino, todos funcionários da Rádio Essencial e do jornal Valor Económico.

Angola-Online sabe que os detidos foram libertados nesta tarde, sem qualquer medida de coacção.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK