Taxistas grevistas detidos são torturados na cadeia


A denúncia é do presidente da Associação Nacional dos Taxistas, Francisco Paciência. Pede ajuda a comunidade nacional e internacional.

Os taxistas detidos durante a manifestação de segunda-feira, 10, sofrem agressões nas cadeias. 

Francisco Paciência contou a rádio Ecclesia que os colegas são vítimas de brutais espancamentos não são permitidos serem alimentados desde segunda. Alguns tiveram de dar entrada ao hospital, receberam tratamento algemados numa cadeira de roda.

O responsável disse que no Tribunal um taxista sangrava na boca e no nariz fruto dos espancamentos, nem assim a audiência parou de modo a receber assistência médica.

Foram detidos 50 taxistas, dez foram absolvidos. O julgamento sumário se realiza desde ontem.

REAÇÕES

1
   
1
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   
1
   

Comentários