Ricardo D'Abreu lamenta bloqueamento do dinheiro para concluir Porto do Caio


Ministro dos Transportes apela desbloqueamento.

A conclusão das obras de construção do Porto de Águas Profundas do Caio, na província de Cabinda, continua condicionada a disponibilidade financeira do país, informou, neste sábado, o ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu.

De acordo com Ricardo D'Abreu, que falava à margem da visita do Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, torna-se necessário desbloquear financiamentos da linha de crédito da China para concluir o projecto iniciado há mais de três anos.

Ricardo D'Abreu avançou que as obras de construção do Porto de águas profundas do Caio estão a 30% de execução, com a construção do talude que vai permitir erigir os terminais de carga contentorizada e geral.

O ministro considera o porto como sendo um projecto geo-estratégico que servirá a Cabinda e os países limítrofes e os do Golfo da Guiné, principalmente.

REAÇÕES

0
   
1
   
0
   
1
   
1
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK