Reino Unido aprova comprimido contra a covid-19


Só para maior de 18 anos.

Trata-se de uma autorização de uso condicional para o tratamento desenvolvido por uma farmacêutica.

Reino Unido tornou-se esta quinta-feira o primeiro país do mundo a emitir uma autorização de uso condicional de um comprimido antiviral contra a covid-19 desenvolvido pela empresa farmacêutica Merck, que estará disponível para os maiores de 18 anos.

Embora não se saiba com precisão quando é que o fármaco estará acessível ao público, o medicamento – designado molnupiravir – demonstrou eficácia assinalável nos estudos efetuados. Segundo os resultados preliminares anunciados pela companhia no mês passado e que carecem ainda de revisão por cientistas externos, a toma do medicamento reduziu para metade hospitalizações e óbitos entre doentes numa fase precoce dos sintomas de covid-19.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários