Polícias da Guarda Fronteira espancam cidadã congolesa
Cidadã congolesa barbaramente espancada por polícias da Guarda Fronteira por entrar em Angola para tratar do cabelo

Uma cidadã congolesa foi barbaramente espancada por polícias angolanos afectos a Guarda Fronteira, quando alegadamente tentava entrar em Angola ilegalmente.

No vídeo arrepiante, é visível a senhora aos prantos a pedir desculpas e a explicar em lingala que entrava em Angola para tratar apenas do cabelo. Apesar de a senhora desculpar-se demasiadas vezes, o agente da polícia da Guarda Fronteira continuou a torturar a senhora.

Depois de ter torturado a senhora, o mesmo agente sorriu e começou a cantar ironicamente em lingala.

Nos últimos tempos muitos congoleses têm entrado em Angola em busca de melhores condições de vida, bem como em busca de segurança visto que a RDC vive uma onda de instabilidade.

De lembrar que no tempo da Luta de Libertação Nacional e da guerra civil que durou mais de 20 anos, vários angolanos refugiaram-se nos Congos.

Denuncia!!

REAÇÕES

COMENTÁRIOS