PN frustra importação ilegal de medicamentos
A Polícia Nacional, frustrou uma tentativa de importação ilegal de medicamentos para a república da Zâmbia, neste domingo, e deteve os quatro cidadãos implicados, no Posto Fronteiriço do Muica, em Moxico.

O porta-voz da Polícia Nacional (PN), Inspector chefe Alberto Pacheco, que prestou a informação, apontou que os implicados tinham em sua posse, 430 caixas de Cuarten, 218 de anticoncepcionais, 107 de testes de malária, 100 frascos de Amoxaciclina e 22 testes de HIV/Sida.

O oficial da polícia explicou que os infractores com idades compreendidas entre 27 e 44 anos, foram detidos no município dos Bundas, quando transpunham a fronteira comum, Angola – Zâmbia.

Fez saber que os mesmos não dispõem de licença de importação de medicamentos, habilitação para o exercício farmacêutico e tencionavam introduzir os fármacos no país para serem comercializados no mercado informal.

De acordo com regulamentos do Ministério angolano da Saúde, a importação ilegal e venda dos medicamentos em locais impróprios é proibida, por atentar a saúde pública.

Fonte: Angop

REAÇÕES

COMENTÁRIOS