Papa chateado com os cristãos papagaios


Porque, argumentou, essa atitude leva "a dormitar, a avançar por inércia, a cair na apatia, indiferentes a tudo exceto ao que nos convém".

Papa Francisco criticou este domingo, antes da oração dominical do Angelus no Palácio Apostólico, os cristãos "sonolentos" que "rezam como papagaios", considerando que esta atitude os torna indiferentes e apáticos.

"Estai atentos porque não se pode ser um 'cristão adormecido', já sabemos que há muitos cristãos anestesiados pelo mundanismo espiritual, sem impulso espiritual, sem ardor na oração, que rezam como papagaios, sem entusiasmo pela missão e sem paixão pelo Evangelho", disse aos fiéis presentes na Praça de São Pedro.

Revendo o Evangelho, o pontífice exortou os fiéis a não permitir que a sua vida espiritual "se suavize na mediocridade".

Porque, argumentou, essa atitude leva "a dormitar, a avançar por inércia, a cair na apatia, indiferentes a tudo exceto ao que nos convém".

"E essa é uma vida triste, não há felicidade aí", alertou

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
1
   
0
   
0
   
0
   

Comentários