Nigéria novamente alcançada na produção de petróleo por Angola


De acordo com dados do relatório baseados em fontes secundárias da OPEP e compilados pela Agência Lusa, Angola e Nigéria igualaram-se em Novembro nos 1,692 milhões de barris de petróleo produzidos por dia.

O facto deveu-se por Angola ter aumentado a sua produção de Outubro para Novembro em 124,8 mil barris diários, o que o levou a alcançar a Nigéria na liderança dos produtores de crude em África, indicam os dados do último relatório mensal da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP). 

Este incremento fez com que Angola registasse a maior subida de produção entre os países analisados no relatório da OPEP, enquanto a Nigéria também aumentou a actividade, com mais 62,7 mil barris diários.

De recordar que a Nigéria havia destronado em Outubro Angola como maior produtor africano de petróleo, ao fim de sete meses de liderança, devido à diminuição, na altura, no espaço de um mês, de 165 mil barris de crude por dia na produção angolana. 

A produção na Nigéria tem sido condicionada por ataques terroristas, grupos armados e instabilidade política interna, sobretudo no primeiro semestre, mas desde Agosto que tem vindo progressivamente a aumentar.

O relatório refere ainda que o acordo alcançado entre os países produtores de petróleo, para reduzir a produção e fazer aumentar os preços, vai obrigar Angola a cortar 78 mil barris de crude por dia a partir de 1 de Janeiro, para um limite de 1,673 milhões de barris diários.

REAÇÕES

4
   
0
   
3
   
0
   
1
   
2
   
0
   
0
   

Comentários