Nenhum angolano consta na lista dos mais ricos de África, ninguém supera Isabel dos Santos


Não há angolanos entre os mais ricos de África. Empresária Isabel dos Santos foi a única na lista até João Lourenço entrar no poder.

Num artigo publicado no site da Forbes, a editora Kerry Dolan, assume que a empresaria angolana tem poucas chances de voltar a recuperar o controle dos activos congelados, que juntos valem mais de 1,6 bilhão de dólares americanos.

Isabel dos Santos, de acordo com a Forbes, até janeiro de 2020, tinha uma fortuna avaliada em 2,2 bilhões de dólares.

O seu império começou a ser desmontado com a chegada de João Lourenço ao poder em 2017, que anunciou uma luta contra a corrupção. A justiça congelou activos da empresária e do seu falecido marido – incluindo uma participação na empresa de telecomunicações móveis Unitel e em vários bancos.

A ordem judicial afirmava que a Exem Energy BV, uma entidade detida por Dos Santos e Dokolo, tinha prometido reembolsar pelo menos 75 milhões de dólares que devia à Sonangol, mas não o fez.

O tribunal também alegou que o casal e um de seus sócios fizeram com que o governo angolano perdesse pelo menos 1,1 bilhão de dólares. Em Janeiro de 2020, o procurador-geral de Angola acusou Dos Santos e Dokolo de peculato e lavagem de dinheiro.

Na época, Dos Santos divulgou um comunicado dizendo que as acusações contra ela eram “extremamente enganosas e falsas” e que ela havia sido uma “empresária privada” que “sempre agiu dentro da lei”.

Querendo ou não, Isabel foi a única angolana entre os mais ricos de África.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários