Naufrágio faz quatro mortes no Huambo


Das vítimas apenas foi encontrado o corpo de um bebé de oito meses.

Quatro pessoas morreram, sábado, na província do Huambo, em consequência do naufrágio de uma canoa artesanal, na Barragem Hidroeléctrica do Gove. 

De acordo com o porta-voz de Protecção Civil e Bombeiros no Huambo, Alberto Satota, na canoa artesanal seguiam seis pessoas, das quais quatro morreram afogadas e duas foram salvas por pescadores.

"As vítimas, com idades compreendidas entre oito meses a 48 anos, pretendiam fazer a travessia para aldeia Caliqui", contou citado hoje pela Rádio Nacional de Angola.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   

Comentários