MPLA se queixa: Existe pessoas a armar contra João Lourenço


A campanha visa manchar a governação de João Lourenço e Instituições do Estado.

O partido no poder, em reacção aos três anos de governação de João Lourenço, denunciou neste sábado, 26, a existência de uma campanha de “intoxicação” contra a figura do presidente da República e instituições do Estado. 

Com objectivo de desacreditar a política de combate à corrupção, a impunidade e demais práticas nocivas que ameaçam seriamente os alicerces da sociedade angolana. Por isso, o MPLA, em comunicado, repudia “veementemente todas as manobras de diversão.”

O partido dos camaradas reitera todo apoio ao seu presidente e da República, João Lourenço, na transformação do país. Outrossim, destaca o seu esforço nos males que afectam a sociedade e na melhoria da vida dos angolanos. 

REAÇÕES

1
   
0
   
0
   
0
   
2
   
0
   
0
   
0
   

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK