Morreu Rayan, o menino que caiu num poço de 32 metros


O menino não resistiu. Ficou mais de 108 horas preso no poço.

As equipas de resgate marroquinas alcançaram Rayan, o menino de cinco anos que caiu a um poço onde esteve preso durante quatro dias, e retiraram o menor através de um túnel secundário reforçado com tubagens. Pouco depois foi confirmado pela Casa Real Marroquina que o menino não sobreviveu e foi retirado já sem vida.


Os socorristas em bombeiros fizeram um cordão que não deixou vislumbrar Rayan, que seguiu imediatamente de ambulância para o hospital. Segundo os pais do menino revelaram numa entrevista, a criança "estava ferida" e não terá comido nas últimas horas.

O menor caiu num poço de 32 metros, no norte de Marrocos, na terça-feira. Passou mais de 108 horas ao frio, com comida, água e oxigénio a serem-lhe fornecidos por um cabo instalado pelos socorristas.

O transporte regular de alimentos, água e oxigénio para o local foi mantendo acesa a chama da esperança de que Rayan estaria vivo.

QUEDA ACIDENTAL

O menino estaria a brincar perto do pai quando caiu no poço, na terça-feira. As equipa de emergência estavam a tentar chegar a Rayan abrindo um túnel paralelo com recurso a cinco escavadoras. Esta quinta-feira à noite, este túnel já tinha 22 metros de profundidade e faltavam cerca de 10 metros para chegar à profundidade onde está Rayan, faltando depois ligar os dois túneis. As autoridades acreditavam, por isso, que estavam muito perto de salvar o menino, que está a receber oxigénio, comida e água açucarada para sobreviver.

As primeiras tentativas de socorro falharam, com voluntários de uma associação de espeleologia a descerem pelo poço original, mas não conseguiram ir muito longe porque o buraco é demasiado estreito para um adulto.

Os trabalhos das equipas de resgate estão a ser acompanhados no local por um grupo grande de pessoas e milhares de outras acompanham o drama nas redes sociais. Marrocos vive horas de tensão, medo e de esperança, tendo presente na memória a história do pequeno Julen, o bebé de dois anos que caiu a um poço ilegal em Málaga, Espanha, e que não sobreviveu. O corpo do menino foi recuperado 13 dias após o acidente, que ocorreu em janeiro de 2019.

REAÇÕES

0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
0
   
1
   

Comentários